Acontece no Gacc

GACC é contemplado e recebe R$ 10mil do Nota da Gente

CPF na nota? Todo consumidor ouve esta frase durante suas compras, e isso significa concorrer a prêmios em dinheiro através do Programa Nota da Gente, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Fazenda (Sefaz). O programa procura incentivar o consumidor a exigir a nota fiscal e contribui com o fortalecimento de entidades que prestam serviços sociais aos mais necessitados.  
O 28º sorteio, realizado nesta quarta-feira (31), possibilitou que mais de 136 mil consumidores participassem e ainda contribuíssem para que instituições filantrópicas pudessem concorrer também a prêmios em dinheiro. O Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC) foi contemplado com um prêmio no valor de R$ 10 mil.

“O programa ‘Nota da Gente’ estimula que os consumidores cadastrem o CPF na nota fiscal e concorram a prêmios. Cada pessoa deve indicar uma instituição para receber o benefício também. O GACC está cadastrado e quem ainda não tiver feito o cadastro deve acessar o site, preencher o formulário e indicar o GACC. Agora a instituição foi contemplada com R$10 mil. Este recurso é muito bem vindo e vem para somar e melhorar o nosso serviço. Os custos com o tratamento e medicamentos oncológicos são altos. Agradecemos muito”, comemora Regimari Dias, analista de captação de recursos do GACC.

Sorteio
Os prêmios da 28ª edição da Nota da Gente variaram de R$ 50 mil, R$ 20 mil, R$ 10 mil, e mais cento e vinte prêmios de R$ 1 mil. As instituições sociais concorreram a um valor de R$ 20 mil e outras três a prêmios de R$ 10 mil. Com a iniciativa, o Nota da Gente totaliza uma premiação em dinheiro de R$ 250 mil.  Estavam ativos mais de dois milhões de bilhetes, gerados a partir dos documentos fiscais emitidos com a indicação do CPF do consumidor, no período compreendido entre 1° de janeiro de 2019 e 30 de junho de 2019. 

As notas fiscais com o CPF foram diretamente lançadas no cadastro do consumidor e o somatório dos valores geraram os bilhetes que participaram do sorteio semestral. A cada R$ 100 em valores acumulados foi gerado um bilhete. 

Mito do CPF na nota
Muitas pessoas ainda tem receio de cadastrar o CPF na nota fiscal por achar que o governo  terá acesso a suas informações, mas de acordo com a auditora Sandra Alves, gerente de Educação Fiscal da Sefaz e gestora do Sistema Nota da Gente, não é através de um programa estadual que isso irá acontecer.  “Não dá para identificar a pessoa pelo nome, porque existem homônimos. O CPF é algo único, ninguém tem o mesmo, por isso a forma de concorrer é pelo CPF. Reforçamos que não precisa ter medo de identificar o CPF no momento da compra, afinal, é a forma que temos também para que as pessoas exijam a nota fiscal”, desmitifica