Notícias

VER TODAS

Confira na íntegra a carta que o GACC entregou ao governador Belivaldo Chagas

Carta foi entregue durante reunião no Palácio dos Despachos

Ao Ilustríssimo Governador de Sergipe Belivaldo Chagas

Ao longo dos 18 anos de fundação o Grupo de Apoio à Criança Com Câncer de Sergipe (Gacc/SE), realiza um trabalho social voltado na humanização de crianças e adolescentes com câncer, prestando-lhes total apoio antes, durante e depois do tratamento. Durante anos acompanhamos o sofrimento de pacientes oncológicos, onde no dia dia não tem os seus direitos garantidos para um tratamento humano e eficaz que possibilite o paciente lutar de maneira digna e ética pela cura da doença.

Somos uma instituição que nos preocupamos em humanizar o tratamento, com doações de remédios, exames, ajuda de custo, insumos que muitas das vezes falta no Centro de Oncologia do Estado. Mas entendemos que o papel de uma instituição ética, transparente e sem fins políticos, não pode fechar os olhos para o descaso que vem acontecendo com os pacientes oncológicos, acreditamos que somos a voz ativa desses grandes guerreiros que lutam incansavelmente contra o câncer, temos enquanto instituição o dever de cobrar dos gestores mais amor, respeito, atenção e garantia dos direitos para com estes. O setor de oncologia do maior Hospital Público de Sergipe pede socorro, são inúmeras situações negativas que será descrita no corpo desta que vem de uma falta de insumo até medicamentos quimioterápicos. É necessário fazer políticas públicas para uma melhoria significativa, que visem o paciente e seu bem estar, com a garantia dos seus direitos, afinal, CÂNCER NÃO ESPERA e a morosidade da resolutividade de diversos casos levam pacientes a morte, famílias desesperadas, mães e pais órfãos e profissionais da saúde desanimados por entenderem que a luta não é só contra o câncer e sim com um sistema que humilha e maltrata o paciente oncológico. É preciso ampliar o acesso dos pacientes com câncer aos tratamentos adequados com garantia de direitos ao acesso universal e igualitário, influenciar as politicas de saúde na área de oncologia e acelerar a promoção da saúde, a prevenção, ao tratamento e cuidados paliativos aos pacientes com câncer. Pedimos encarecidamente ao Ilustríssimo senhor Governador do Estado um olhar especial para estes pacientes que gritam por um tratamento humanizado.

Em anexo segue alguns pontos a serem discutidos e solucionados:

1- Fluxo de exames pela regulação do Huse, dando prioridade à Criança e Adolescente.
2- Resolutividade das faltas constantes de medicamentos e insumos para o tratamento dos pacientes.
3- Contratação de médicos oncologistas pediátricos, para atender a demandar de pacientes cadastrados na oncologia.
4- Contratação de médicos plantonistas para o setor, de extrema necessidade e muito importante para o paciente.
5- Formalização do Termo de Parceria com a Secretária de Estado da Saúde com o Gacc Sergipe.
6- A resolutividade da falta de bolsas no Hemose para doação de sangue, que acaba prejudicando o tratamento de pacientes.
7- Que o Estado garanta exames de alta complexidade em um tempo resposta mais rápido possível diante da gravidade do caso, atendendo as orientações do médico.
8- Resolver a situação dos leitos, que não tem ar condicionado e os pacientes tem que além de conviver com a doença, enfrentar um calor tremendo dentro dos leitos aumentando a proliferação das bactérias.
9- Fornecer para as instituições dados do quantitativos de pacientes que entraram no setor para tratamento. Quantos continuam. Quantos vieram a óbito, para que as instituições tenham uma noção de um todo sobre o tratamento.

Sem mais e na certeza que juntos construiremos uma oncologia mais humana agradecemos a atenção!

Elenilda Novais
Diretora Presidente do Gacc